A dinâmica actual

Como outras moedas principais, a libra esterlina dirije-se para cima em relação ao dólar estadunidense. No fim de semana anterior e início desta semana de trading, o par quebrou uma série de resistências-chaves e examinou alguns novos máximos locais.

Tudo isto foi causado pelas vendas significativas de moeda estadunidense, devido à queda da demanda, publicação de estatísticas macroeconómicas negativas e situação ambígua em relação ao aperto da política monetária em ano 2018. Na semana anterior, o dólar dos EUA desvalorizou-se com os dados negativos sobre o mercado de emprego, índices principais, inflação e vendas a retalho. Com este segundo plano fundamental, não vale a pena aguardar em breve o aumento da taxa de referência e isto provocou a redução de voluma das posições curtas em par e o crescimento das posições longas. Depois de superar o máximo local de 18 meses em nível 1.3650, o impulso apenas se reforçou.

Hoje, está tendência se manteve e o par continuou a subir. É preciso destacar que o par está a mover-se à conta de dispostos de trading, devido à ausência de dados macroeconómicos importantes. Os índices principais sobre o Reino Unido, nomeadamente, os dados sobre a inflação e outros índices básicos serão publicados amanhã. Os relatórios principais se publicaram no fim desta semana de trading.

Os níveis de apoio e de resistência

Tecnicamente, o par atingiu o limite superior do canal ascendente amplo, mas é pouco provável que o instrumento será capaz de quebrar o nível 1.3820 sem uma boa correção descendente. Existe grande probabilidade para formar uma correção descendente ou canal de consolidação lateral até níveis 1.3735, 1.3690, 1.3650. Posteriormente, não se observam as premissão para um movimento descendente mais profundo e é muito grande a probabilidade de reinício do movimento ascendente, após de correção. É mesmo possível ver o par em níveis 1.4000, 1.4070 já em primeiro trimestre deste ano.

Os indicadores técnicos apoiam na totalidade o rumo para cima, MACD mostra um crescimento notável do volume das posições longas e o indicador “Bandas de Bollinger” dirije-se par o alto nos todos os gráficos superiores.

Os níveis de apoio são: 1.3735, 1.3690, 1.3650, 1.3615, 1.3550, 1.3520, 1.3410, 1.3350, 1.3320.

Os níveis de resistência são: 1.3820, 1.3900, 1.4000, 1.4030, 1.4070, 1.4150.

Os cenários de trading

Nesta situação, seria atual abrir as posições longas pendentes a partir de principais níveis de apoio 1.3735, 1.3590, 1.3650 com o objetivo em 1.4000 e Stop Loss em 1.3570.

Great Britan vs US Dollar

CompraVendaSpread
1.317891.3176227

Cenário

Um períodoSemanal
SugestõesBUY LIMIT
Ponto de entrada1.3735, 1.3590, 1.3650
Take Profit1.4000
Stop Loss1.3570
Níveis de suporte1.3320, 1.3350, 1.3410, 1.3520, 1.3550, 1.3650, 1.3615, 1.3690, 1.3735, 1.3820, 1.3900, 1.4000, 1.4030, 1.4070, 1.4150
GBP/USD: impulso ascendente será mantido

Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos pela companhia Claws&Horns em conjunto com a companhia LiteForex exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE. Além disso, os materiais presentes não foram elaborados em conformidade com os requerimentos legais, destinados para facilitar a independência de pesquisas de investimentos e não estão sujeitos a qualquer restrição para sucessiva divulgação destas pesquisas.

Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário