Nesta semana, as criptomoedas cresciam, mas desigualmente. Assim, o Bitcoin encareceu cerca de 4,4%, superando a referência 8300 dólares e durante toda a semana foi negociado nesta área. O Ether cresceu 17,9%, alcançando os máximos recordes acima de 420 dólares. O Bitcoin Cash subiu à referência 1660 dólares, incrementando 28,6%. Ao longo da semana, o Ripple ia à referência 0.2470 e encareceu 2,9%, mas agora, está corrigindo-se ativamente.

No início da semana, o crescimento do mercado de criptomoedas foi apoiado pelo Bitcoin. As cotações subiram, devido às informações sobre o lançamento de ensaios de contrato futuro de Bitcoin na Bolsa de CME Group. Se estima que o lançamento deste contrato futuro levará ao aumento do número de investidores e crescimento significativo da capitalização da criptomoeda.

Na terça-feira, o mercado entrou em correção causada por roubo de cerca de 31 milhão de dólares desde carteira da companhia Tether que foram transferidos para um endereço não autorizado. As ocorrências deste tipo sempre assustam os investidores, porque mostram as imperfeições técnicas do mercado de criptomoedas e sua vulnerabilidade ante de ataques de burlões cibernéticos. Mas a desilusão dos investidores não foi longa e em breve, o crescimento das cotações se reiniciou.

Na quarta-feira, o Bitcoin foi apoiado pelas informações que a companhia JPMorgan avalia a demanda de contratos futuros nesta moeda entre os seus clientes para permitir-lhes o acesso às operações na Bolsa de CME Group. O Ether subia, após de notícias sobre a emissão de primeira obrigação nominada nesta criptomoeda. Este valor mobiliário foi criado para o distribuidor britânico LuxDeco e será controlado pelas autoridades financeiras do Reino Unido. Para o Ripple, como uma notícia positiva atuou a extensão de lista de instituições financeiras que usam as tecnologias Blockchain. Nesta vez, este tipo de protocolo informático foi implementado em Standard Chartered Bank e Axis Bank.

Ao longo desta semana, se continuava uma discussão virtual entre os representantes de instituições financeiras mundiais sobre as criptomoedas. Na segunda-feira, o presidente do BCE, sr.Mário Draghi, referiu que as criptomoedas não influem no sistema financeiro tradicional. A mesma opinião foi revelada pelo chefe do Departamento de Pagamentos do Banco do Japão, sr. Hiromi Yamaoka, que pronunciou a incapacidade das moedas digitais de arredar o dinheiro convencional No entanto, é preciso monitorar atentamente o desenvolvimento deste setor do mercado como eventual meio para investir. Isto é a opinião do Diretor do Banco Nacional da Suíça. sr. Thomas Jordan.

A revista de mercado de criptomoedas

Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos pela companhia Claws&Horns em conjunto com a companhia LiteForex exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE. Além disso, os materiais presentes não foram elaborados em conformidade com os requerimentos legais, destinados para facilitar a independência de pesquisas de investimentos e não estão sujeitos a qualquer restrição para sucessiva divulgação destas pesquisas.

Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário