As estatísticas da queda do mercado de criptomoedas, razões, consequências e eventuais opções do desenvolvimento da situação

Em três dias, de 15 a 17 de janeiro, a capitalização do mercado de criptomoedas caiu quase ao dobro, desde 749 até 415 mil de milhões de dólares dos EUA. O Bitcoin abandonou o intervalo de última semana em 13,5-14,5 mil e desceu abaixo de 9,5 mil dólares dos EUA, perdendo na totalidade em duas semana cerca de 50% de seu valor. Como uma razão oficial, os analistas apontam a eventual probabilidade de proibição de trading na Coreia do Sul, mas entre os traders existe uma opinião que esto é o início do fim das criptomoedas. Como se alteraram as cotações nos últimos três dias, quais poderão ser as consequências e perspetivas das criptomoedas, leia neste artigo.

Uma correção ordinária ou fim da “bolha” de criptomoedas?

Somente 1 mês percorreu desde momento de primeira correção séria do mercado de criptomoedas que surgiu em 22 de dezembro de 2017. Antes, as criptomoedas também mostraram a volatilidade diária de 15-30%, mas os traders não se preocuparam com isso, porque estes casos foram únicos. Quaisquer quedas em relação ao Bitcoin se chamavam as correções, depois de que o mesmo atingia novos máximos e para as moedas  fora de TOP-100 de nível da capitalização, as razões de quedas foram os “pumps”, ou seja, a destabilização especial do preço para vender em pico. A primeira cedência profunda aconteceu em dezembro. Naquela altura, apenas a um dia, a capitalização do mercado desceu de 630 a 478 mil de milhões de dólares dos EUA, além de raras exclusões, todas as moedas de TOP-100 foram em negativo Mas um dia depois, começou a recuperação mesmo rápida.

O mercado de criptomoedas se iniciou o mês de janeiro com uma subida moderada e alcançando o nível de resistência cerca de referência 720 mil de milhões de dólares, parou. Em 12 de janeiro, a capitalização oscilava no intervalo 690 - 720 mil de milhões e o líder do mercado, Bitcoin, mesmo não foi capaz de romper o nível 14-14,5 mil, permanecendo no intervalo 13 200 - 14 450, a quota do ВТС em todo o valor das criptomoedas se reduziu de 55-58% até 33%.

Em 13 de janeiro, a capitalização do mercado atingiu o novo máximo em 749 mil de milhões, após de que entrou numa queda acidental. Dentro de 48 horas, o mercado se avaliava em 701-715 mil de milhões de dólares dos EUA e de manhã de dia 16 de janeiro, a capitalização perdeu ainda mais de 50 mil de milhões, caindo até 645 mil de milhões de dólares, entretanto, a tarde, este valor já foi igual aos 579 mil de milhões. Somente cinco criptomoedas de lista TOP-100 ficaram em positivo. A manhã de dia 17 de janeiro, o valor das criptomoedas se avaliava em 520 mil de milhões e a tarde, apenas em 445 mil de milhões. O Bitcoin caiu abaixo de 10 mil de dóalres dos EUA.

 

 

 

 

Se devem os investidores temer posterior queda do mercado?

Como uma razão oficial deste pânico, os analistas indicam as declarações por parte de China e Coreia do Sul sobre a implementação de restrições em relação às criptomoedas e mesmo estes dois países têm maior circulação comercial de moedas digitais. Mas neste caso, a circulação se deslocará para as bolsas estadunidenses mais tolerantes às criptomoedas. As opiniões na comunidade de traders são perplexas: aqui, é possível ouvir tudo, desde o pânico e conselhos como é possível vender mais rápido as moedas até sugestões de comprá-las com perspetiva de crescimento mesmo dentro de uns dias.

Uns factos interessantes:

  • nos últimos 3 dias, a situação de cedência de criptomoedas parece muito aos acontecimentos de 22-23 de dezembro. As moedas de TOP-100 mostram quase unanimemente a redução do seu valor, mas algumas moedas, ao contrário, estão em positivo. Se as perdas das moedas de lista TOP-20 foram 25-40% ao dia em dezembro, agora, as criptomoedas se devalorizam em ritmos mais lentos, ou seja, os 15-20% ao dia;
  • apesar de Bitcoin tem perdido mais de 45% do seu valor nos últimos 3 dias, sua quota entre o valor total das criptomoedas está aumentando. Se após de subida rápida ocorrida em dezembro-janeiro a sua quota constituiu 32-33%, neste momento, a mesma cresceu até 37-38%;
  • em janeiro, o encarecimento das moedas de lista TOP-10 foi bastante moderado, a capitalização se aumentou, em geral, à conta de moedas menos conhecidas. Por exemplo, foram registrados os crescimentos diários dos projetos Gas no valor de 23,59% (41º lugar) e Janus que subiu 132,78% (91º lugar). Em primeiros 7 dias do ano 2018, algumas criptomoedas “de lixo” cresceram mais de 2000%. Embora o papel de mesmas em capitalização total é insignificativa, este mostra o grau de enchimento de mercado de criptomoedas com os capitais especulantes.

 

 

O que nós estamos observando atualmente, não é uma “bolha”. Por enquanto, o mercado de criptomoedas se encontra numa fase ativa, os investidores crêem em criptomoedas tão fortemente que ainda é cedo falar sobre a queda total deste mercado. Muitos estão seguros que a queda atual são apenas os jogos do grande capital para “cortar o pelo” de concorrentes mais pequenos. O nível da capitalização atual corresponde ao nível de primeira década de dezembro, no início deste mês, todo o mercado se avaliava em cerca de 350 mil de milhões de dólares dos EUA. Isto significa que a correção atual é mais profunda do que anterior, mas mesmo assim, isto é apenas uma correção.

É mais provável que a cedência se continuará mais 1-2 dias e o BТС se poderá a desvalorizar até 8500-8800 dólares dos EUA, após de que o pânico se acabará. Em seguida, são possíveis duas opções de desenvolvimento da situação:

  • posterior onda do crescimento será ainda maior, ou seja, que mais profunda é a queda, mais rápida e alta será a subida sucessiva. Mesmo durante a semana, nós podermos a observar o crescimento da capitalização até 800 mil de milhões e superior;
  • após de uma ondas especulantes de últimos meses, o mercado de criptomoedas será equilibrado e o crescimento percorrerá com os ritmos mais lentes mais estáveis. Como os promotores do crescimento vão atuando não os capitais especulantes, mas os fatores fundamentais de alguns projetos individuais.

Qual destas opções será correta, mostram os tempos. Mas é possível dizer sem dúvidas que não tem lugar o pânico em relação à cedência, porque os traders aguardam um momento vantajoso para entrar no mercado desde fundo. Estamos tranquilos e esperamos reversão em breve.

 

 

A queda do mercado de criptomoedas: correção ou fim

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário