Continuamos estudando as teorias do William Gann

O algoritmo de concepção e aplicação prática de método “O Quadrado 9” em análise a longo prazo. Busca de pontos de controle na escala de tempo. Aplicação de vetor de Gann para posterior análise.

Car@s amig@s,

Hoje, estou continuando o meu blogue dedicado às obras do Gann e suas metodologias de previsão. Em particular, continuo narrar sobre o método “O Quadrado 9”. Se você não tinha lido primeira parte introdutória, peço insistentemente a vocês clicar no link abaixo:

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9”

Leia obrigatoriamente este artigo desde o início até o fim, em caso contrário, você não entenderá como ajustar configurações básicas, como usar este método e, portanto, tudo o que está escrito posteriormente não terá para você algum significado prático.

Para aqueles que na semana anterior já tinha lido primeira parte, vou a relembrar o que conseguimos fazer:

  1. Determinamos o período de análise. Como é preciso sempre começar com uma previsão de longo prazo, para a análise foi escolhido um gráfico diário.
  2. Configuramos o programa Gannzilla Pro para operar com o período diário. Veja todas as capturas de tela e detalhes de ajustes no blogue anterior Um método desconhecido do Gann: “O Quadrado 9”.
  3. Determinamos o período da área em análise, devido aos ciclos entre o solstício e o equinócio.
  4. Identificamos os extremos na história do gráfico de período selecionado e marcamos os mesmos em “O Quadrado 9” (destacados em verde).
  5. Aplicamos por cima a figura que com suas diagonais cruzaria o número máximo de quadrados verdes marcados que mostram os extremos.
  6. Além disso, mencionamos as datas críticas globais no círculo do cronógrafo, que são indicadas pelos ângulos da figura.
  7. Marcamos em amarelo as datas futuras no período a analisar e em vermelho as datas que já aconteceram, referindo assim que os ângulos mencionados são corretos.
  8. Colocamos todas as datas obtidas no nosso gráfico, determinando desta maneira as datas mais críticas de eventuais reversões e fortes movimentos de impulso.

Agora, nossa tarefa consiste em marcar os níveis do preço no gráfico diário, seguindo ao método “O Quadrado 9”. Quando os conheceremos, na interseção com as datas principais obteremos os pontos que significarão reversão, eventual início duma nova onda ou um impulso forte.

Para encontrar estes níveis do preço, é necessário determinar o ângulo favorito do preço. Isso pode ser feito bastante fácil e simples, se observaremos mais uma vez “O Quadrado 9” ajustado por nós. O ângulo favorito será aquele que está indicado pela mediana com a intersecção do maior número de extremos (quadrados verdes).

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Na imagem acima, vemos que maior número de quadrados verdes foi distribuído entre três medianas em quantidades iguais. Como sabemos, os três ângulos favoritos não podem existir e por isso precisamos escolher apenas um.

Gann sempre atribuía um significado especial às cruzes diagonais e cardeais. Na imagem acima, a cruz cardeal está destacada com quadrados cinzentos em forma de “+” e a cruz diagonal mencionada em forma de "X". Obviamente que a mediana superior se desvia muito destas cruzes, mas as duas medianas inferiores são se encontram muito próximas às mesmas.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Ampliando a imagem, vemos que a mediana superior está em nível 1310 e o ângulo mais próximo da cruz se encontra em 1350. A mediana inferior está em nível de 95 graus e o ângulo mais próximo da cruz fica em 900. Portanto, a mediana superior está mais próxima ao valor da cruz e isto significa que mesmo o ângulo em nível 1310 é o favorito para o preço. Determinado o ângulo favorito, em menu “Marcação” do programa Gannzilla Pro precisamos alterar “Tipo de dados” desde “data” para o “preço”.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Em passo seguinte, precisamos especificar no campo “valor” o preço mínimo em período de análise. Gostaria de relembrar que este período para o gráfico diário nós determinamos com os períodos do equinócio solar e solstício. Como resultado, obtivemos uma área de 21 de junho a 23 de setembro.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

O gráfico mostra que dentro desta área o valor mínimo é o mínimo da figura que formou-se em nível 5755,00 USD. Mesmo este valor temos que escolher como um ponto de partida.

A próxima ação que precisamos realizar, é calcular o passo de transição entre os blocos.

Para isto existe uma fórmula:

Daqui, já temos o mínimo. Falta determinar o máximo.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

No gráfico acima vemos que o máximo em período de análise é igual aos 8506,70 USD

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Seguindo à fórmula acima referida, o passo será igual a 30,57 USD.

Agora, nós especificamos todos os valores obtidos em configurações do programa Gannzilla.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Depois voltamos ao nosso “O Quadrado 9” e marcamos na mediana do ângulo favorito os quadrados com o preço que a mesma está cruzando.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

A figura acima mostra que estes níveis são 5999, 6488, 7222, 8200, 9392, 10860, 12572, 14523, 16729.

O último número é destacável, o mesmo significa que acima de 16729 USD não vale a pena esperar o crescimento nos limites do período em análise. Não esqueçam que o limite é a data do equinócio em dia 20.03.2019.

Determinar os níveis de apoio em caso dum cenário ursino é bastante simples, apenas inverter o passo de positivo para negativo.

Enfim, como pode ser visto na imagem acima, obtivemos os níveis seguintes: 5510, 5021, 4287, 3309, 2117, 650 USD.

Desta forma, abaixo de 650 USD também não haverá queda até dia 20 de março. Agora vamos a marcar os níveis obtidos no gráfico.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Como podemos ver no gráfico logarítmico acima, todos os níveis acertaram com uma bastante precisão aos extremos de fortes níveis de trading e isto confirma sua importância.

Portanto, se sobrepor estes níveis nas datas-chave que ainda obtivemos em primeira parte, como um resultado se formará uma semelhança algo parecido à grelha.

Em seguida, para fazer uma previsão mais detalhada, é necessário repetir este procedimento para os períodos de médio e curto prazo. Nós falaremos sobre isso em próximos blogues. Para aqueles que preferem o trading de longo prazo, será suficiente o resultado já obtido.

Como foi dito acima, todos os níveis horizontais são potenciais níveis de apoio e de resistência e sua interseção com linhas verticais vai marcando os pontos críticos no gráfico.

Agora, analisamos uma das opções para previsões posteriores, ou seja, o uso do leque de Gann.

Este deverá ser aplicado de maneira seguinte.

No gráfico, nos limites do período em análise, encontramos um ponto crítico que se aproxima ao pico do preço e deste mesmo desenhamos o leque de Gann para o mais próximo ponto crítico, onde esta onda finalizou.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

No gráfico podemos ver que temos várias guias destas que conectam os pontos críticos (marcados com uma seta verde). Agora, conectamos estes pontos, usando o leque de Gann.

À primeira vista, aparece um quadro bastante confuso.

No entanto, se remover deste leque todos os componentes desnecessários e deixar apenas área de 1 a 8/1, o quadro fica mais claro.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Como resultado, vemos as áreas, cujos nos limites pode desenvolver-se um movimento de tendência. No gráfico acima, vemos uma grande área ursina em que se desenvolveram os movimentos locais de tendência. Também, vemos como o preço abandonou a tendência ursina local e já continuou desenvolver-se como lateral em área taurina, mas no final, o preço não conseguiu afixar-se acima de área da tendência ursina e isto foi confirmando pela continuação do movimento descendente.

Para determinar posterior desenvolvimento dos acontecimentos, é necessário desenhar um leque desde o primeiro ponto-chave da última onda ativa até o ponto-chave mais próximo da atual posição do ticker nesta onda.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Neste ventilador, é preciso deixar todos os ângulos maiores de 1 (veja o exemplo no gráfico acima).

Se o ticker ficou abaixo de 1 em caso de tendência ursina, isto mostra forte desvalorização no mercado e um rápido retorno ao nível 1/1. Em caso de uma tendência taurina, a situação é semelhante. Se o preço sairá saída acima de 1/1, entendemos que haverá um retorno rápido para área de trading.

A previsão com a grelha de Gann se elabora dentro de cada quadrícula. O essencial consiste em que não sabemos com certeza como o mercado irá mover-se, mas transitando de uma quadrícula para outra, compreendemos os limites do movimento nesta mesma e podemos prever o caráter do movimento. Se acontecerá a subida ou queda em célula a analisar.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Um exemplo da exibição do caráter do movimento dentro das quadrículas está apresentado acima. Vemos que o movimento de tendência se desenvolve em área entre os ângulos 1/1 e 2/1. Todas as quadrículas em que teve lugar uma queda, são marcadas com setas descendentes. O crescimento dentro das quadrículas está mostrado com setas ascendentes.

Analisando o movimento em quadrículas de Gann, entendemos que uma quadrícula estreita e alongada para cima supõe um movimento mais abrupto e impulsivo do que em quadrículas largas e se a transição do ticker de uma área para outra ocorreu dentro da quadrícula atual, existe grande probabilidade de que em próxima quadrícula o movimento percorrerá em sentido de ruptura. Ao mesmo tempo, é preciso entender sempre que área de tendência da ordem superior está dominante.

Para maior clareza, analisamos um exemplo da situação atual.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

O gráfico acima mostra que o ticker se encontra nos limites da quadrícula larga em área de 1/1-2/1. A quadrícula atual está rodeada na totalidade com 9 quadrados. Três destes estão por detrás e, por razões óbvias, o mercado não voltará para estas. Em seguida, vemos que a quadrícula nº 5 se encontra no cruzamento de duas áreas. A área cinzenta 1/1-2/1 já está encerrada e, portanto, só existe a saída para próxima área de trading 2/1-3/1. É muito raro acontece continuação de cruzamentos com linhas de apoio e de resistência sem ajuda de datas-chaves e por isso, neste caso, o movimento ascendente irá parar e continuará desenvolver-se em área roxa.

A saída para o quadrado nº 4 considera uma transição diagonal através de um ponto-chave. Tal passagem pode impulsionar uma forte correção taurina mesmo até o limite da área ursina em nível 5755 USD.

A saída para o quadrado nº 3 considera uma transição desde área cinzenta para a roxa e isto significa o desenvolvimento lateral nos limites da nova área mesmo até dia 16 de dezembro.

A saída para o quadrado nº 2 considera uma transição através de ponto-chave inferior e, portanto, aparecerá um sinal ursino forte para continuar a queda até próxima área de apoio em nível 2117 USD.

O quadrado nº 1 considera a ruptura do nível de apoio sem participação de data-chave, aumentando a probabilidade duma ruptura falsa ou dum flat.

Em resultado, podemos classificar os quadrados nº 1 e nº 5 como uma área de ruptura falsa ou atenuação da tendência.

Os quadrados nº 4 e nº 2 são quadrados de movimentos de impulso.

O quadrado nº 3 é uma área de acumulação.

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

Portanto, como a saída para o quadrado analisado ocorreu através de área 1, é pouco provável a continuação brusca da queda. Desta forma, a continuação do movimento para os quadrados 1 e 2 pode ser descartada. O movimento para o quadrado 5 também é pouco provável, porque não existem fortes tentativas para recuar desde nível atual. Consequentemente, o quadrado 4 tem umas chances de desenvolvimento, mas não maiores do que o quadrado 3. Mesmo a saída para esta área é mais provável.

Com a transição hipotética para o quadrado 3, haverá uma mudança de área do leque e portanto, posterior movimento deve ser considerado sob a influência de ursos menos fortes, mas em condições da tendência ursina. Em caso de ticker for capaz de cerrar este quadrado em próxima área, aparecerá uma chance para o desenvolvimento do movimento correcional para área de 5700 USD.

Para uma previsão mais detalhada, é necessário conceber uma grelha mais pequena em perspectivas de médio e curto prazo. Seguindo aos princípios de Gann e considerando os movimentos de tendência em várias escalas, é possível falar maximamente certo sobre próximos movimentos do mercado, mas deixamos isto para os blogues futuros.

Assim, vou finalizando o meu primeiro artigo dedicado ao William Delbert Gann e suas obras que nós aplicamos para BTCUSD. Espero que este material foi útil e interessante para vocês.

Boa sorte para todos e os bons proveitos!

Respeitosamente,

Mikhail @Hyipov


P.S. Gostou de meu artigo? Compartilhe-lo em redes sociais, isto será melhor agradecimento :)

Faça as perguntas e deixe abaixo os comentários sobre material. Responderei com prazer e darei as explicações necessárias.

Links úteis:

  • Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui. O sistema permite a operar individualmente ou copiar operações dos traders bem-sucedidos de todo o mundo.
  • O chat de traders com análise excelente, revistas Forex, artigos didáticos e outros materiais úteis para traders. https://t.me/liteforexbrazil. Compartilhamos os sinais e experiências.

O gráfico de cotação de BTCUSD em tempo real

Um método desconhecido do Gann “O Quadrado 9” (2ª Parte)

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário