Analisamos as criptomoedas usando o gráfico Heiken Ashi

Fazemos o balanço pelo gráfico Range. Conhecemos e analisamos de todos os lados o gráfico Heiken Ashi

Os princípios de construção. A determinação dos sinais principais. Os pormenores de aplicação.

Caros amigos,

Hoje, nós vamos analisar Heiken Ashi. Os pormenores da construção deste indicador e seus sinais de trading.

Mas primeiramente, vamos analisar os resultados da previsão em bloque didático anterior, na base do gráfico Range.

(previsão do par BTCUSD desde 30.09.2018)

(facto pelo par BTCUSD desde 06.10.2018)

Como é visto no gráfico superior, em geral, os níveis de apoio foram indicados corretamente, e o movimento pelo Bitcoin está nos limites do triângulo, mesmo também com uma falsa quebra de cada dos lados.

Fazendo uma conclusão de resultados obtidos, podemos falar sobre a aplicabilidade dos padrões de análise gráfica clássica no gráfico Range, e também utilização Range conjunto com os indicadores MACD. Ao mesmo tempo, vale a pena prestar atenção ao sério atraso das linhas médias deslizantes e, consequentemente, sua baixa eficácia.

Os resultados gerais pelos todos os indicadores analisados vamos a fazer um pouco mais tarde, mas por enquanto voltamos ao gráfico Heiken Ashi.

Este gráfico é um compromisso entre barras japonesas e outros gráficos que filtram os ruídos de preços, tais como Renko, Kagi, Jogo do galo, Quebra linear, Range.

A coisa é que, por um lado, Heiken Ashi realmente calcula a média do movimento dos preços e aparentemente filtra os sinais falsos, por outro lado, ainda está relacionado com o tempo e move-se em pé de igualdade com o gráfico de barras.

Para tornar mais compreensível, vamos a analisar o princípio da construção de Heiken Ashi.

O princípio da construção de Heiken Ashi

Para comparação, nos gráficos acima apresentou as Barras japonesas clássicas ao lado esquerdo. As barras Heiken Ashi estão ao lado direito. À primeira vista, os mesmos são realmente muito parecidos, mas se olhar atentamente, as diferenças ainda são muito grandes.

A semelhança é explicada pelos mesmos elementos da construção de barra do Heiken Ashi. A mesma está formada também por as sombras superior e inferior e do mesmo corpo da barra, a distância entre os níveis de abertura e encerramento. A diferença das Barras japonesas é que:

  • O nível de abertura (veja a seta laranja) é o preço médio entre a abertura e encerramento da Barra japonesa anterior (Close+Open/2);
  • O nível de encerramento (veja a seta azul) é o preço médio do máximo, mínimo, abertura e encerramento da Barra japonesa atual (Min+Max+Open+Close/4);
  • O máximo da sombra superior (veja a seta verde) é o preço mais alto entre a abertura, encerramento ou o máximo da Barra japonesa atual;
  • O mínimo da sombra inferior (veja a seta vermelha) é o preço mais baixo entre a abertura, encerramento ou o mínimo da Barra japonesa atual;

Esta informação pode ser encontrada praticamente em quantidade enorme de fontes da Internet, mas poucas pessoas tentam fazer uma conclusão. Pois, na realidade, estes conhecimentos sagrados não dizem nada sobre si mesmos.

Mas realmente, há algo sobre o que é preciso pensar:

  • A primeira conclusão: porque o nível de abertura toma seu valor de indicações da barra anterior, e todas as outras partes da barra incluem este nível no resultado final, a barra refletirá o atraso na dinâmica e mostrará o resultado com a conta do movimento da barra anterior. Ou seja, em caso de tendência for revertida, quando o padrão de reversão será formado na seguinte Barra japonesa, Heiken Ashi estará silencioso, porque haverá influência de barra da tendência anterior.
  • A segunda conclusão segue de primeira, porque as barras Heiken Ashi funcionam em conjunto, então o sinal da primeira barra deve ser confirmado por um sinal de seguinte, caso contrário, existe alto risco de receber um sinal falso e isto significa que o atraso do sinal Heiken Ashi já será por duas barras.
  • A terceira conclusão: popularidade das barras japonesas é estipulada pela possibilidade de considerar a disposição do mercado de cada barra individua. Pois na realidade, a Barra japonesa é um corte inteiro por um período de tempo determinado, refletindo a oposição de “bois” e de “ursos” nesta área, onde a linha é sempre desenhada e nós vemos, houve uma vitória de vendedor, de comprador ou um empate.

A barra Heiken Ashi à conta de uso de encontrar uma média, desfoca este quadro, apaga a clareza dos níveis de apoio e resistência, vitórias e perdas reais, máximos e mínimos, vendedores e compradores.

Portanto, antes de seguir adiante, vamos a traçar uma linha e concordamos que Heiken Ashi é um indicador atrasado pelo qual é impossível determinar níveis-chave exatos, níveis de apoio e de resistência, determinar com exatidão os objetivos para os proveitos e afixações de prejuízos.

Os sinais do Heiken Ashi

Este fato simplifica a vida do trader, uma grande paleta de sinais de combinações de padrões de barras das Barras japonesas se transforma em apenas três perguntas simples que permitem diagnosticar o sinal duma barra formada do Heiken Ashi:

  1. Se o corpo da barra é formado?
  2. De que cor é o corpo da barra?
  3. Se há uma sombra na direção oposta?

Para analisar as barras do Heiken Ashi, é suficiente responder as perguntas nesta ordem e você sempre terá uma resposta para o que precisa fazer.

Analisamos mais detalhadamente.

Primeira pergunta - se o corpo da barra é formado?

Se a resposta é NÃO, e a última barra não tem o corpo ou o mesmo é estreito, isto significa sobre a ausência duma tendência ou sua conclusão em breve. Ou seja, para aqueles que estão em posição ou apenas pretende entrar, é uma luz amarela e um sinal para reversão da tendência, ou seu início no futuro em breve.

Segunda pergunta - de que cor é o corpo da barra?

Se a resposta à primeira pergunta for SIM, o seguinte passo é observar a cor do corpo da barra.

Se o nível de encerramento da barra é inferior de nível de encerramento, a cor do corpo da barra será vermelha (preta), isto é um sinal para encerrar as posições longas.

Se o nível de encerramento da barra é superior de nível de encerramento, a cor do corpo da barra será verde (branca), isto é um sinal para encerrar as posições curtas.

Terceira pergunta - se há uma sombra na direção oposta?

Se uma barra verde (branca) em crescimento tem uma sombra por baixo, isto é um sinal sobre a fraqueza da tendência de “bois”.

Se uma barra vermelha (preta) em queda tem uma sombra por cima, isto é um sinal sobre a fraqueza da tendência de “ursos”.

Portanto, se não existe uma sombra na direção oposta, isto sinaliza sobre uma tendência forte e um sinal de compra ou de venda correspondente, conforme da cor emocional da barra.

Respondendo à estas perguntas, obtemos apenas três tipos de barras.

Para evidência, no gráfico acima, eu atribuí um número correspondente para cada tipo. Portanto, respondendo à primeira pergunta negativamente, definimos o tipo desta barra como o número 1. Posteriormente, respondendo às segunda e terceira perguntas, entendemos que esta é uma barra do segundo tipo, ou seja, uma barra com um corpo e duas sombras ou do terceiro tipo, uma barra com apenas uma sombra. Como é visto no gráfico acima, um sinal seguro para entrar no mercado é apenas uma barra com um corpo longo e uma sombra. As barras do primeiro e segundo tipos estão apenas avisadas que nem tudo é tão simples e existe o risco duma reversão.

No entanto, uma barra do terceiro tipo raramente aparece no início de tendência e, portanto, entrando com este sinal, o trader perde uma parte significativa do movimento ou geralmente arrisca a entrar nos preços máximos. Consequentemente, é necessário usar uma indicação adicional, que permitia a dar um sinal, quando as barras do primeiro e segundo tipo estão aparecidos. Além disso, este indicador deve ser capaz de filtrar flat e movimentos laterais. No gráfico acima, flat está marcado com os círculos vermelhos. Nós vemos que nesta área, há muitas barras que são dos tipos primeiro e segundo. Ao entrar no mercado nestas áreas, o trader tinha a perder com garantia os fundos, porque recebia muitos sinais falsos.

Como resolver estes problemas, vamos analisar no seguinte artigo. Analisando estas perguntas, concluímos a revisão do Heiken Ashi e poderemos fazer o balanço sobre todos os tipos de indicadores considerados nos limites do grande experimento no estudo de gráficos de preços não padronizados.

Boa sorte para todos e os bons proveitos!


PS: Se você concorda com a previsão, coloque “+” nos comentários para este artigo, se você não concordar, coloque “-”. Se gostou do artigo, deixe algumas palavras de gratidão e não esqueça de compartilhá-lo com os seus amigos. Para você não custará nada, mas estarei muito encantando :)

Esteja em corrente dos últimos eventos do mundo da criptomoedas, siga minhas publicações no bloque.

 

 

O gráfico de cotação de BTCUSD em tempo real

Grande experimento. O gráfico Heiken Ashi. (parte 7)

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário