Analisamos as influências dos balanços do comércio externo e do protecionismo a cotações cambiais

Donald Trump ficará na história não apenas como 45º presidente dos EUA, mas como um homem que decidiu mudar a ordem global. Durante muitos anos, a zona euro e China se dedicaram à exportação, incrementaram os proveitos de comércio externo, enquanto ao contrário, os EUA aumentaram o saldo negativo do balanço comercial. A economia principal da união monetária, apresentada por Alemanha, recebeu umas preferências a conta de euro mais barato, comparando com marca alemã usada anteriormente. Por sua vez, o Celeste Impêrio, graças a orientação da economia para investimentos e não para consumo como nos países desenvolvidos, podia permitir a si mesmo criar as indústrias que funcionavam para mercados exteriores. Os EUA durante muitos anos enfrentaram o défice do comércio externo e Donald Trump não gostou disto. 

A dinâmica do balanço comercial da zona euro

Fonte: Trading Economics.

Desde os tempos de início de seu funcionamento do Forex, o balanço comercial era considerado como um fator importante que influi às cotações cambiais. Este balanço apresenta por si uma diferença entre os artigos exportados e importados e em forma mais simples mostra a demanda e oferta de divisa nacional. Os exportadores recebem os lucros em moeda nacional, vendem a mesma e assim, formam a demanda. Ao contrário, os importadores necessitam moeda estrangeira e eles criam a oferta. Até momento, quando os não residentes começaram comprar os valores mobiliários nacionais e os residentes adquirir ações e obrigações estrangeiras, o balanço comercial foi uma fator-chave para formar cotação cambial. Posteriormente, este papel foi assumido pelas políticas monetárias dos bancos centrais e crescimento económico. 

O balanço comercial poderá ser comparado com ingressos e despesas duma família ou pessoa. Se estas gastam mais do que ganham, estão obrigadas solicitar os créditos. Ao contrário, se os ingressos de família excedem as despesas, há possibilidade de aumentar os aforros. Neste sentido, a vida dos EUA a um passo largo não é má. Este país pode permitir isto para si mesmo, enquanto outros o creditem. Ou seja, compram obrigações de tesouro estadunidense. 

A dinâmica do balanço comercial dos EUA

Fonte: Trading Economics.

Como Donald Trump quer mudar a ordem global? Usando as tarifas de importação! Estas tarifas tornam mais caro o fornecimento de artigos estrangeiros para o mercado estadunidense e esforçam os consumidores desistir destes e prestar atenção aos produtos similares nacionais. O problema consiste em que outros países respondem com mesmas medidas e aplicam ou aumentam suas próprias tarifas. Além disso, estes países podem desvalorizar moeda nacional e isto permitirá à exportação equilibrar o fator de tarifas de importação. 

Como os traders têm que aproveitar o fator de guerra comercial? Não existe uma única opinião sobre este assunto. Alguém supõe que tensão incentiva os investidores buscar os dólares. Ao contrário, outros falam sobre os paralelos históricos entre os anos 1990 e 2000, quando em circunstâncias semelhantes o dólar enfraquecia em relação aos concorrentes. De meu ponto de vista, é preciso considerar o grau de impacto de conflitos comerciais sobre crescimento económico. Como uma regra feral, as tarifas abrandam tal crescimento. E isto poderá ser especialmente doloroso para economias orientadas a exportação. Desta maneira, é preciso considerar as tréguas na guerra comercial entre os EUA e EU como um fator taurino paraEUR/USDe agravamento do conflito terá que ser aceite como um fator ursino


Gostou de meu artigo? Compartilhe-o em redes sociais, isto será melhor agradecimento :)

Faça as perguntas e deixe abaixo os comentários sobre material. Responderei com prazer e darei as explicações necessárias.

Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui.

 

O gráfico de cotação de EURUSD em tempo real

As guerras comerciais alteram as regras do jogo

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário