Analisamos o impacto de ciclos económicos sobre as cotações das moedas no Forex

Para um trader que começa estudar a análise fundamental sempre surge a pergunta razoável: por quê o EUR/USD não desce até paridade? Se o conceito «forte economia – forte moeda» funciona, como as cotações do principal par de moedas são capazes manter estabilidade com a divergência existente entre os crescimentos económicos dos EUA e zona euro? Realmente, enquanto o PIB da união monetária mostra uma dinâmica pior em últimos quatro anos, a economia estadunidense, por sua vez, apresenta em abril-setembro melhor expansão semestral em década. Por quê nestas circunstâncias não comprar os dólares e descansar tranquilamente?

O diabo se esconde em caráter cíclico do desenvolvimento da economia. Os períodos de recessão e de crise estão seguidos por expansão e picos. Os períodos de recessão e de crise estão seguidos por expansão e picos. Anteriormente, nós já analisamos a força do seu impacto sobre os processos que percorrem no Forex, apenas falta de entender como se comportam os reguladores durante certas fases dum ciclo económico.

A dinâmica do PIB dos EUA  

A reserva Federal está contando os ciclos
  

Fonte: Trading Economics.

É óbvio que em períodos da crise e recessão, a economia necessita de incentivos. Em área de política monetária e de crédito se usam a redução da taxa de referência, quotas de descontos para os fundos de recursos obrigatórios, bem como os programas de resgate de ativos. Ao mesmo tempo, os programas QE consideram-se como as formas não tradicionais da expansão monetária e sua influência a mercados financeiros e PIB não estão bem analisados, por isso, nem todos os bancos centrais estão dispostos aplicar um programa de flexibilização quantitativa. Os analistas supõem que é melhor reduzir a taxa de referência. O problema consiste em que em momento de crise, esta taxa pode ser muito baixa, e a queda para área negativa gere as dificuldades sérias para o sistema bancário.

Conhecendo o caráter cíclico do desenvolvimento do PIB, o banco central terá que garantir uma reserva de munições para combater com futura recessão. Ou seja, aumentar a taxa de referência tanto que, por um lado, não prejudicar e por outro, poder reduzi-la posteriormente e desta maneira incentivar a economia. Neste sentido, guiar o índice até um nível neutro que não sobreaquece nem enfria a economia, é uma tarefa extremamente importante do regulador. Atualmente, o SRF faz precisamente isso.

A dinâmica da taxa de referência do SRF e o PIB dos EUA

A reserva Federal está contando os ciclos

Fonte: Trading Economics.

Desde ponto de vista de análise fundamental, o endurecimento da política monetária e de crédito é um fator taurino para uma moeda. Então, por que é que o dólar dos EUA não apressa subir? Segundo uma série de sintomas, os Estados Unidos se encontram em fase de pico, após de que começará recessão e nestas circunstâncias, o SRF será forçado reduzir a taxa de referência. Em primeiro lugar, estamos falando sobre a desaceleração do incremento de emprego, falta de vontade do desemprego continuar sua queda, crescimento elevado do salário médio e da inflação. A situação está agravada por esgoto de efeito do incentivo fiscal, impacto negativo das guerras comerciais sobre o PIB e riscos crescentes da inversão do gráfico de rentabilidade

Em teoria, o SRF e Casa Branca são capazes prolongar a subida da economia estadunidense, acabando o ciclo de normalização e ampliando os benefícios fiscais. Mas todos nós sabemos que mais alto está voando, mais dolorosa será a queda. Em teoria, o SRF e Casa Branca são capazes prolongar a subida da economia estadunidense, acabando o ciclo de normalização e ampliando os benefícios fiscais. Mas todos nós sabemos que mais alto está voando, mais dolorosa será a queda. Claro que Donald Trump poderá dizer “depois de mim nada a toca”, mas Jerome Powell será julgado não por ele, senão por história.

Desta forma, não é preciso supor que o conceito “forte economia - forte moeda” não funciona. Simplesmente, os investidores imaginam o futuro e avaliam os riscos de recessão da economia estadunidense, cujo o surgimento deixará os touros em dólar dos EUA asfixiados.

A dinâmica do índice do USD e o PIB dos EUA

A reserva Federal está contando os ciclos

Fonte: Trading Economics.


P.S. Gostou de meu artigo? Compartilhe-lo em redes sociais, isto será melhor agradecimento :)

Faça as perguntas e deixe abaixo os comentários sobre material. Responderei com prazer e darei as explicações necessárias.

Links úteis:

  • Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui. O sistema permite a operar individualmente ou copiar operações dos traders bem-sucedidos de todo o mundo.
  • O chat de traders com análise excelente, revistas Forex, artigos didáticos e outros materiais úteis para traders. https://t.me/liteforexbrazil. Compartilhamos os sinais e experiências.

O gráfico de cotação de EURUSD em tempo real

A reserva Federal está contando os ciclos

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário