Itália embrulha as coisas no mercado internacional de moedas 

Quando os palhaços tomem o posse, todo o país parece um circo. A coligação entre o partido “Cinco Estrelas”, fundado pelo cómico Beppe Grillo, e Liga assustou os investidores tão forte que eles fogem de mercado financeiro italiano como os ratos dum barco. Pessoalmente, eu não tenho nada contra palhaços. Em geral, todos eles são pessoas muito sérias que sabem tomar o seu papel na hora exacta. Bem como voltar à vida normal. O essencial é que sociedade composto por cómicos não parecia uma sociedade com irresponsabilidade ilimitada.  

A vitória de eurocéticos nas eleições parlamentárias em março mostrou que os italianos precisavam de trocar a lâmpada em candeeiro do futuro brilhante. O país rico outrora começava a mover-se às apalpadelas. O agravamento alto de dívida (130% de PIB) forçou a utilizar os programas de consolidação fiscal que frenaram o crescimento do PIB. Em resultado, praticamente cada um descendente de Roma Grande podia dizer que o dinheiro vencido lhe chega até fim de vida. Se ele morrer hoje. Às 17h00”.    

O programa apresentado por coligação acelerou fuga de capitais de Itália. O “Cinco Estrelas” e Liga chamaram para rever as regras contribuitivas da JUE, cancelar sanções contra Rússia, planeiam reduzir a taxa de imposto corporativo de 20% a 15%, eliminar o IVA e subir impostos especiais. Tudo isto levará ao crescimento do défice orçamentário e da dívida pública, cuja a parte (250 mil de milhões de euros) Roma propõe à UE perdoar. Enfim, como é possível apertar os cintos, se ficamos sem calços? 

Realmente, o Banco Ceb«ntral Europeu comprava a dívida pública italiana no âmbito de programa de flexibilização quantitativa e agora, a coligação alude que não vai a resgatar suas obrigações. Quer dizer que QE é uma forma oculta de financiamento direto monetário de governos e isto é proibido por leis da UE. Os palhaços de Roma não compreendem que em caso de eles obterem a resposta positiva, será criado um precedente que todos os desejarem a aproveitar. Mas os países de zona euro não são iguais. Alguem simula a inteligência para que pagarem mais, alguem faz parecer tolo para trabalhar menos.  A proposta dos italianos é absurda porque eles ficam em segunda categória.  Isto é correto! Se trabalhar constantemente sem descanso, é possível tornar-se um homem mais rico. Num cemitério! 

A fuga de capitais aumentou diferença da rentabilidade entre as obrigações públicas da Itália e da Alemanha, isto significa o crescimento de riscos políticos e pressiona o euro. Como antes, os “bois” que operam com o par EUR/USD acreditam à economia alemã, mas Berlim está cheio com próprios problemas. Os alemães não entendem simplesmente por que vêm os indigentes e pedem a esmola. Será eles não vêem que Alemanha é sua? É verdade, o abrandamento do PIB da economia locomotora da zona euro até 0,3% (trimestral) em primeiro trimestre foi como um trovão em céu limpo para os adeptos da moeda única europeia, facilitando sua queda até mínimos de 5 meses em relação ao dólar dos EUA.  Itália apenas deitou lenha no fogo.  

Entretanto, as alusões sobre saída da República Italiana de UE nem a economia da zona euro desacelerada em período de janeiro a março não distraíram muito os “bois” em par EUR/USD. Eles têm sua arma própria em reserva. Por isso, a situação no Forex parece cada vez mais o biatlo. Como é mesmo possível não chegar à meta primeiro, tendo uma espingarda?  

Forex pegou a arma

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário