O euro é como uma bola de borracha, vem à tona

É fácil ver um argueiro no olho alheio, mas é difícil não ver a tranca no seu. Quando no início do ano passado Donald Trump e Steve Mnuchin ao mesmo tempo puseram-se discutindo as vantagens do dólar fraco, Mário Draghi arrojou sobre eles uma chuva de críticas. Por dizer, a cotação cambial não deve ser um objeto de discussões neste nível. Por fim, os garotos de Casa Branca começaram a proteger um a outro, mostrando sua perfídia. Mas o mercado não gosta de hipócritas. Porque é difícil entender a que cara bater. 

Embora às bate-bocas, o objetivo foi alcançado, o dólar começou baixando e parece que o BCE decidiu repetir este truque com chapéu. As intervenções verbais começaram de chover a cântaros. Porque ao Banco Central dá igual como cobrir o euro, com charão ou com palavrão. Só isso sairia bem. Evald Novotny começou a falar sobre potencialidade ursina séria do par EUR/USD. Por dizer, o SRF não tarda para aumentar a taxa de referência e ao contrário, o BCE não está disposto para alterá-las, pelo menos até setembro de 2019.  As divergências de políticas monetárias terão que levar o euro à Sul. Por diante, ainda mais. François Villeroy de Galhau relembrou como a incerteza à volta de Brexit desmoronou cotação da libra esterlina até valores mínimos em últimos quarenta anos. Previamente, o chefe do Banco da França pronunciou que as guerras comerciais trazem incertezas para economia da zona euro. Os paralelos são óbvios: BCE está caçando ao euro. No entanto, como mostrou a repercussão do par EUR/USD desde área mais baixa de 11 meses, a caçar, isto é, quando ele e ela querem acasalar-se. Mas quando a andar com espingarda na floresta, isto é somente... disparadas!

A caça ao euro

Na sua reunião em junho, o Banco Central Europeu decidiu reduzir o volume de resgate de ativos desde 30 mil de milhões de euros até 15 mil de milhões de euros por mês no período de setembro ao dezembro. Parece que o regulador não conseguiu acertar o modo de funcionamento da micro-ondas para que os cricetos não rebentaram logo. Está experimentando. Não em vão no mercado andam os rumores sobre que o abrandamento do PIB da zona euro é resultado direto de redução dos incentivos monetários. Na verdade, não é assim. A economia da união monetária é como um coelho laboratório, fingiu-se morte para não ficar sujeito a novos experimentos.

A caça ao euro

Mário Draghi gostou tanto de reação do euro às notícias sobre manter a taxa de referência em atuais níveis até fim de verão do próximo ano que ele decidiu repeti-la em Sintra portuguesa, acrescentando que o plano do BCE para acabar com QE em 2018 poderá a ser alterado. O “rapace” do Conselho Administrativo, sr. Jens Weidmann, explicou estas atuações do BCE por vontade de ganhar o tempo. A pressão verbal sobre EUR/USD aumentou até ferver. A propósito, nós ainda não ouvimos Sabine Lautenschläger. Na infância, ela aprendeu andar e falar não para calar-se depois de casar-se. ;

A caça ao euro

Para contrariar a todos que desejam afogá-la, a moeda única europeia veio à tona como uma bola de borracha. O euro não tem vontade nenhum de ser contornado com um giz no asfalto. É preciso relembrar que o salvamento de quem se afoga terá que ser feito por eles próprios. Os touros em par EUR/USD não estão desnorteados com o facto de que o SRF aumenta a taxa de referência e normaliza o balanço, enquanto o BCE tagarela sobre fraqueza do euro e continua a injetar liquidez em economia da zona euro no âmbito de programa QE. O euro apercebeu perfeitamente que dinheiro não traz felicidade, mas quando não há outra saída, é melhor cobrar em efetivo. 


P.S. Gostou de meu artigo? Compartilhe-lo em redes sociais, isto será melhor agradecimento :)

Faça as perguntas e deixe abaixo os comentários sobre material. Responderei com prazer e darei as explicações necessárias.

Links úteis:

  • Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui. O sistema permite a operar individualmente ou copiar operações dos traders bem-sucedidos de todo o mundo.
  • O chat de traders com análise excelente, revistas Forex, artigos didáticos e outros materiais úteis para traders. https://t.me/liteforexbrazil. Compartilhamos os sinais e experiências.

O gráfico de preços EURUSD em tempo real

A caça ao euro

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário