O conflito comercial entre os EUA e a China transita para a superfície de moedas

Meus vizinhos estão a ouvir uma boa música, e não importa, se eles querem isto ou não. Washington continua a agir como quer e como antes monitoriza uma lista negra de seis países que podem ser rotulados de “manipulador de moedas”. Antes da publicação do relatório semestral do Ministério de Finanças dos EUA, os mercados temiam que mesmo em outubro, uma marca preta chegará à mesa da China. Escapei desta, mas Steve Mnuchin não se envergonhou mostrar descontentamento sobre a política opaca do Banco Popular relacionada com as intervenções de moedas. O enfraquecimento de 10% do yuan em relação ao dólar nos últimos seis meses é como um osso na garganta para os estadunidenses, mas a suavidade em relação ao Império Celeste poderá ser considerada como disposição de ir para compromisso em guerras comerciais na véspera da reunião de novembro dos presidentes dos EUA e da China. 

As guerras de moeda batem na porta

Os criminosos mais perigosos usam gravatas, mas não tatuagens. Os Estados Unidos não começaram a reescrever as regras, dois dos três pontos dos quais não permitem marcar o Império Celestial como um manipulador, mas provavelmente, fizeram o último aviso ao Pequim. Washington referiu que a desvalorização oferece ao país uma vantagem competitiva, mas os EUA não aguentarão se alguém não joga com regras. Com suas regras. Que, por assim dizer, foram violadas por décadas, e agora chegou a hora da justiça. Desta maneira, se os asiáticos tentam apresentar-se como um lutador contra o agressor, os estadunidenses, como um adversário da injustiça. Cada um está certo da sua maneira. Cada, como que, é honrado. No entanto, todos entendem que uma pessoa honrada é alguém que não conseguiu enganar ninguém.  

As guerras de moeda batem na porta

A ironia da situação é que o mercado crê que a China faz tudo o possível de limitar os ritmos do enfraquecimento do yuan, e os Estados Unidos, por de regra, estão preocupados com o comportamento dos países que intencionalmente enfraquecem suas moedas. No entanto, nas guerras comerciais, todos os meios são bons. Nas terras sem fim estadunidenses, os extremos encontram-se muito rápido. Que importa ao Washington que o PIB da China se desacelera até velocidade mínima numa última quase uma década, o Banco Popular enfraquece a política monetária, o Shanghai Composite perde um quarto do seu valor e as ingressos líquidos de capital em ações e obrigações chinesas reduziram de $18 mil de milhões em agosto até $3 mil de milhões em setembro. Neste cenário, a moeda de qualquer estado não estará no seu ambiente. Também, o yuan não é uma exceção. 

As guerras de moeda batem na porta

Precisa admitir que na história da oposição comercial dos EUA e China existem muitos paradoxos. Apesar das tarifas de importação em grande escala, a exportação da China leva a contribuição possível em crescimento do PIB, e os mercados financeiros se relacionam com calma à escalação de conflitos, à queda dos índices de valores mobiliários do “Império Celeste” e à desvalorização do yuan. Em agosto de 2015 e início de 2016, foi completamente outra reação. Será que os investidores creem que os ataques dos estadunidenses, nada mais do que uma picada de mosquito para a economia asiática? Eu não acho, para Donald Trump é mais adequada a frase: “não tenha medo, ele não morde, ele engole imediatamente”. Pequim simplesmente ainda não sentiu todas as consequências. Para isso, é preciso tempo. 


P.S. Gostou de meu artigo? Compartilhe-lo em redes sociais, isto será melhor agradecimento :)

Faça as perguntas e deixe abaixo os comentários sobre material. Responderei com prazer e darei as explicações necessárias.

Links úteis:

  • Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui. O sistema permite a operar individualmente ou copiar operações dos traders bem-sucedidos de todo o mundo.
  • O chat de traders com análise excelente, revistas Forex, artigos didáticos e outros materiais úteis para traders. https://t.me/liteforexbrazil. Compartilhamos os sinais e experiências.

O gráfico de cotação de EURUSD em tempo real

As guerras de moeda batem na porta

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Tem as perguntas para o autor? Você poderá a fazê-las nos comentários .
Iniciar trading
Em redes sociais
Chat "ao vivo"
Deixar comentário